Igreja em Serra

Mensagens

Como é que eu cheguei a esse ponto?

Compartilhar

O jovem parou para considerar sua vida. Ele estava sem dinheiro, sem teto, imundo e faminto. Jamais imaginaríamos que antes este jovem vivera sob o cuidado carinhoso de um pai muito próspero.

Mas ele tinha abandonado sua casa, cortado relações com seu pai, desperdiçado sua herança em uma vida de pecado, e acabando numa condição lamentável. Finalmente quando caiu em si, um sentimento profundo brotou nele: preciso voltar ao meu pai. Mas ele estava tão envergonhado. Depois de tudo o que fizera, Ele se perguntava se seu pai ainda o queria como filho. Em seu desespero, decidiu voltar a casa e pedir ao seu pai que o recebesse como um de seus empregados.

Ele desconhecia a profundidade do amor do seu pai. Não sabia que seu pai ansiava vê-lo e que estava aguardando o dia de seu retorno. No caminho de volta a sua casa, ainda quando estava longe, seu pai o avistou e correndo, o abraçou e o beijou afetuosamente. Sujo e esfarrapado, o jovem arrependido confessou ao seu pai sua vida pecaminosa, dizendo-lhe que já não era digno de ser chamado seu filho. Contudo, a primeira reação de seu pai foi vesti-lo com a melhor roupa, e então sacrificou o novilho cevado para alimentá-lo. Com regozijo, seu pai mandou preparar um banquete para todos festejarem a volta do seu filho que ele declarara morto mas reviveu, que estava perdido e foi achado.

 

Como o filho nesta parábola, por fim, nós daremos conta de que estamos perdidos e precisamos ser achados por Deus, que é nosso Pai verdadeiro. Talvez nós nos sintamos envergonhados demais para vir a Deus. Contudo, a Bíblia revela que Seu amor por nós é imutável e infinito. Deus deseja que cada filho pródigo retorne a Ele.

Aos olhos de Deus, estar perdido é, na realidade, estar morto em pecados, e ser achado é ser salvo e vivificado em Cristo. Se voltarmos a Deus e nos arrependermos de nossos pecados, seremos purificados e Cristo nos cobrirá como uma roupa de justiça. Também, Cristo que Se sacrificou por nós, como o novilho cevado, nos encherá e nos satisfará interiormente, tornando-Se um grande banquete para desfrutarmos como filhos na casa de Deus e Pai.

Nosso Pai amoroso e perdoador está esperando que nós nos voltemos a Ele. Podemos fazer isto ao fazer esta oração simples:

Pai querido, estou perdido e preciso ser achado! Estou morto em meus pecados! Entra no meu espírito e vivifica-me em Cristo como um filho de Deus! Senhor Jesus, obrigado por morrer por mim, para me purificar, me cobri, satisfazer minha fome e me qualificar para banquetear com o Pai em Sua casa. Amém.”